12.4.13

5 motivos pra você ver: the carrie diaries


Dos mesmos diretores de “Gossip Girl”, “The Carrie Diaries”, inspirada nos livros “Os Diários de Carrie” de Candice Bushnell e também na série "Sexy And The City". Carrie Bradshaw (AnnaSophia Robb)  é uma menina típica dos anos 80, com roupas coloridas e estampas fofas, loira e uma alma muito romântica, ela vive em Connecticut e divide o espaço no show com seus amigos: Maggie, Mouse e Walt. Além de uma irmã mais nova pentelha, Dorrit e o seu pai, que ficou viúvo há pouco tempo.

                                                                                                    "Before there was sex, before there was the city, there was just me. Carrie, Carrie Bradshaw." 

Parece uma série de menininha, mas não é?
Parece mais um romancezinho americano, mas também não é?

The Carrie Diaries é muito mais que um simples romance ou coisas-da-vida-que-você-passa-na-adolescência. Ela tem aquele brilho nos olhos, totalmente romântica, não tão ingênua pra quem tem 16 anos e ainda tem que lidar com situações na escola, na família e na própria vida. Carrie, conhece uma editora de moda e sua vida consegue mudar completamente. 

E eis aqui, que vos darei 5 motivos pra assistir essa série que já passou da sua primeira temporada e com fé, aguardemos a segunda.



1º - The Carrie Diaries retrata a vida de um jeito que pode ou não ser difícil.


Carrie, é uma garota do interior, com todos o seus sonhos e pensamentos que às vezes a faz enlouquecer. Ela vive com o pai e a irmã. Sua mãe, morreu recentemente. E todo o enredo também se baseia nessa dificuldade que é se adaptar sem uma figura materna, afetando toda a família no cotidiano.



2º A série mostra que há como viver uma vida social sem precisar de tecnologia. (dica pros migo)






Tudo bem que a série acontece em 1984, onde tudo era retrô e até um telefonema eram aqueles de parede. Mas, dá pra perceber que todos os encontros dos personagens são marcados no boca a boca, há ocasiões em que Carrie quer compartilhar seu vestido do baile, mas não tem ninguém. Quem sabe se ela tivesse um Facebook, né? Essa coisa de vida social sem aparelhagens, iphones e modernidades do século 21, deixam a série muito mais viva e crua, gosto disso.


3º Infinitas referências da moda.







Estamos em 1984, garota fascinada por escrever, jornalista por aspiração, louca pra ser uma colunista de moda, e sim, ela tem esse dom. Depois que Carrie consegue arranjar o emprego numa grande revista dos Estados Unidos, tudo muda. O tramitamento de cidade pequena pra cidade grande é contínua e cansativa, e acho que vivemos muito isso hoje. Nway, os estilos de roupagem que Carrie tem são totalmente retrô, vestidos com renda, muitas estampas, cintos, salto alto, macacões, plataformas enormes, coletes, muitas cores vivas, tudo muito cheguei, como era na década de 80. E os meninos da série também não ficam de fora. Madonna, Andy Warhol e outros são referências para a série.


4º Amor "maduro".




Não sou bom pra falar de sentimentos, sascoisa, mas na série Carrie sempre tem reviravoltas na vida amorosa (apesar de ter apenas 16 anos), não só ela, como todos os outros personagens. Parece que antigamente, os relacionamentos eram mais digamos, fiéis e racionais (?). A série retrata bem isso e faz a gente parar pra pensar um pouco sobre como lidamos com os nossos relacionamentos, tanto no sentido de amizade quanto no de namoro. Walt, um dos personagens, passa por uma crise de identidade, e nada é julgado, cabe ao espectador tirar suas próprias conclusões.


5º Trilha sonora impecável. 




clique na fita e enjoy!
Por favor, anos 80, gente! Madonna, Bowie, The Smiths, Joy Division, Copycat e afins fazem a trilha da série. Só musicão em cada episódio. O legal, é que o site da série, sempre posta uma playlist na fã page deles, e isso faz com que a gente ouça tudo sem pestanejar.

____________________________________________________

Por fim, é isso! Se você gostou, corre pra assistir, compensa e muito! E olha que eu já tinha desistido de séries da CW faz tempo.

Beijos, fui.

Um comentário:

  1. Daniela Hidaka Fávaro14 de abril de 2013 21:11

    eu estou apaixonada por essa série <3 sem mais

    ResponderExcluir